Reformando sua casa, e agora?

Barulho, poeira, estresse, é isso mesmo, vamos falar de reformas!

Vamos te dar algumas dicas para que você enfrente esse pesadelo de uma forma mais amenizada.

  1. Paciência. Sim, é estressante, cansativo e etc., mas, acaba. E no final vai ficar lindo, então tenha paciência, ela te ajudara a manter tudo dentro dos eixos.
  2. Faça um orçamento e defina exatamente o que será feito na reforma. Sempre faça um orçamento com uma reserva emergencial, afinal, nunca se sabe o que pode acontecer. Nada de “Mas se estou fazendo isso, por que não fazer aquilo também?”
  3. Contratar um profissional qualificado. Muitas pessoas desprezam a ajuda de um arquiteto ou engenheiro, porém, nesses momentos é de extrema importância que um deles esteja a par da situação. Já pensou se alguém fura um cano ou danifica a fiação elétrica?
  4. Materiais e pedreiros. Nesse momento você precisa se lembrar muito bem de seu orçamento, qualquer deslize pode virar um gasto enorme. Pesquise, não faça corpo mole, mas também não vá pegar materiais com baixa qualidade. Saia em busca de um pedreiro confiável, afinal, ele vai renovar sua casa.
  5. Lembre-se dos seus vizinhos. Você gosta de barulho? Se nem você aguenta, imagine seus vizinhos! Tenha ética e tente fazer a reforma em horários acessíveis, que não irão causar tanto alvoroço. Se a reforma for em um prédio, veja as normas e as cumpra.
  6. Seja o fiscal de obra. Quem melhor para saber o que é ideal na sua reforma? Analise, acompanhe, o mínimo detalhe pode fazer diferença futuramente.
  7. Fique o mais longe possível da poeira e dos materiais perigosos. Claro que se a reforma for na casa inteira é complicado, mas isso pode fazer mal a sua saúde, portanto, evite ficar longos períodos em meio a poeira e o mesmo vale para o cheiro da tinta. Cuidado com equipamentos que podem lhe machucar, fique atento!

Espero que nossas dicas tenham ajudado você a se localizar em uma obra!


Isis Fonseca
Isis Fonseca

Autor



Deixe um comentário