Blog Madeirado - Loja de Móveis de Madeira Macica - Madeirado - Mesa de Madeira Rustica
dezembro 01, 2021

Como escolher o aparador certo para o seu hall de entrada

Embora também seja chamado de buffet, o aparador serve como um ótimo complemento para qualquer ambiente. O aparador é tradicionalmente mantido na sala de jantar da casa e fornece uma unidade de armazenamento útil para todos os seus pratos, xícaras e talheres.

Antes de começarmos com nossa lista de dicas para você escolher um aparador para o seu hall de entrada, vamos primeiro resolver uma questão importante que podem causar algumas confusões. 

Qual é a diferença entre um aparador e um buffet?

Os aparadores e buffets são peças de mobiliário com espaços de armazenamento alongados e bastante baixos. Quando você coloca um aparador em sua sala de jantar, ele é chamado de buffet.

Depois de movê-lo para a sala de estar, ele é chamado de aparador. Ambos são ótimos para armazenar objetos, mas onde você os usará, é claro, fará uma diferença para os recursos específicos que você deve procurar.

As peças destinadas a serem usadas como aparador na sala de jantar, em geral, têm pernas atarracadas e relativamente curtas e podem apresentar uma gaiola de exibição. As peças feitas para servir de buffet na sala de jantar normalmente não têm esta gaiola e as pernas são mais altas.

Como escolho o estilo certo para meu hall de entrada?

Ao decidir o estilo do seu aparador, você geralmente tem duas opções: escolher algo com um estilo que combine totalmente com a sua sala de jantar ou mobília da sala de estar atual, ou ousar ser diferente.

Se você não é do tipo aventureiro quando se trata de móveis, escolher o mesmo estilo dos móveis atuais é a opção mais segura. O seu aparador não precisa ser entediante: um estilo que se encaixa perfeitamente com seus móveis e decoração atuais pode parecer elegante e atemporal.

Porém se você deseja comprar algo diferente, aqui estão algumas ideias:

  • Você pode introduzir um tom contrastante a decoração com um aparador colorido, demonstrando modernidade e energia.
  • Uma peça em branco gelo ou pastel pode perfeitamente complementar a um estilo rústico e orna muito bem com móveis de madeira.
  • Em uma momento onde o conceito "eclético" se tornou muito popular, adicionar um aparador vintage a sua decoração moderna enviará a mensagem de que, embora você seja um tipo de pessoa que se mantem moda, ainda pode apreciar o melhor que o passado tinha a oferecer.

Como escolho o material certo para o meu aparador?

A maioria dos aparadores para o hall de entrada são feitos de algum tipo de madeira. Uma opção é tentar combinar o tipo de madeira usado na mesa de jantar, ou pelo menos tentar encontrar algo com uma cor que combine sua mesa da sala de jantar.

Outra opção é escolher algo com uma cor contrastante. Se você, por exemplo, tem uma mesa de jantar de carvalho escuro, mas tudo que você pode encontrar é um aparador de mogno com detalhes em carvalho claro, isso seria perfeitamente aceitável, pois complementa a mesa.

Como seleciono o aparador mais funcional para minhas necessidades?

Lembre-se de que o aparador é mais do que uma linda peça de mobiliário. Também deve ser muito funcional e útil. Os Buffets e aparadores têm características funcionais diferentes.

Um buffet com gavetas, por exemplo, será ótimo para guardar guardanapos, talheres, pratos, jogos americanos e outros itens semelhantes. Não será uma boa opção se você quiser armazenar itens maiores e mais volumosos, como vasos, por exemplo.

Nesse caso, um aparador com portas e talvez prateleiras ajustáveis ​​será uma alternativa melhor para seu hall de entrada. Alguns buffets oferecem recursos especializados, como um bar seco, perfeito para servir bebidas. Outros vêm com tampo de mármore onde você pode colocar pratos quentes sem medo de danificar a superfície.

Como dissemos anteriormente, tudo dependerá das suas necessidades. Portanto, antes de comprar, reserve um tempo para fazer algumas anotações sobre como pretende usá-lo.

novembro 24, 2021

Ambientes externos: Proteja sua mobília para maior durabilidade

Nos meses de bom tempo, uma espreguiçadeira extravagante ao ar livre é invejável.

Embora comprar o necessário para construir um oásis ao ar livre perfeito possa ser fácil e divertido, saber a maneira certa de cuidar do seu novo conjunto de móveis pode ser um pouco mais desafiador.

Proteger seu novo investimento contra danos causados ​​pela água e o sol escaldante do verão é mais fácil do que você pensa! Apesar da maioria dos móveis externos apresentam materiais para todos os climas um pouco de cuidado e manutenção pode realmente ajudar muito.

Siga estas dicas e truques a seguir para manter sua mobília externa com aparência de nova por vários verões que estão por vir!

Use capas para móveis ao ar livre

Em primeiro lugar, opte por capas para móveis externos. Para garantir que você esteja obtendo cobertura e proteção completas contra o clima, procure por aqueles feitos de materiais altamente duráveis.

Tecidos resistentes como o poliéster tornam mais fácil manter suas peças externas com aparência de novas (não importa o clima adverso ou os elementos que surgem em seu caminho)!

Prepare-se para se divertir no sol

Amarre um tapete durável e resistente a desbotamentos por baixo de qualquer peça de mobiliário. Usar um tapete de tecido natural com certeza completará a aparência de qualquer área de estar ao ar livre, enquanto mantém o chão (e seus móveis) frescos, limpos e secos.

Em dias quentes, mantenha os amigos - e os móveis - frescos colocando as peças em espaços com sombra. Evite as queimaduras solares e fuja do calor adicionando um guarda-sol leve com proteção UV.

Ao saborear uma refeição ao ar livre, proteja as tampos das mesas de madeira usando jogos americanos e toalhas de mesa. Use também bandejas e bases para copos para protege-las de jarras e bebidas geladas.

Quando é hora de colocar os móveis para dentro?

Depois de desfrutar de uma tarde ensolarada ao ar livre, reserve alguns minutos para limpar e guardar tudo. Da próxima vez, preparar-se para um ao ar livre será muito fácil.

Enxágue bem as espreguiçadeiras com uma mangueira de jardim para remover o suor ou o protetor solar após o uso. Limpe as cadeiras e tampos de mesa com um pano macio e limpo umedecido com água e sabão.

Limpe suavemente quaisquer respingos ou manchas com um pouco de água e uma escova macia. Remova qualquer forro ou almofada e coloque as peças para secar. Assim que a mobília estiver completamente seca, cubra cada peça com a capa impermeável correspondente e guarde em local fresco e seco.

Por fim, use material a prova de mofo

Muitos tecidos são porosos, o que significa que, uma vez que a umidade é absorvida por eles, é difícil sair.

Em vez de se arriscar, preocupando-se se sua mobília de vai ou não abrigar umidade e se tornar uma fábrica de mofo, opte por designs em madeira com acabamentos impermeáveis - que não são nem um pouco porosos, e dos quais a água vai literalmente ricochetear.

Você pode optar também por teca, acácia e pinheiro, que são mais resistentes ao mofo graças à sua produção natural de óleo e baixa porosidade.

Em termos de tecido, a maior parte dos estofos feitos para o ar livre terá tecido de poliéster revestido com PVC. Isso também é conhecido como tecido textilene e é resistente à água. Outros tipos de tecido que resistem bem à umidade incluem lona de algodão, olefina e vinil.

Ao final lembre-se: muitos projetos na indústria de móveis para exteriores são apenas resistentes e não à prova de água.

novembro 10, 2021

Como montar uma mesa de jantar: Do básico ao formal

Pôr a mesa é muitas vezes uma tarefa feita de última hora que pode fazer com que você se pergunte sobre a colocação correta de talheres, pratos, guardanapos e copos.

Não acrescente estresse aos seus planos de jantar e mantenha o foco na comida, na sua família e nos amigos com essas sugestões de montagem de mesa super fáceis.

Faça uma configuração básica para estabelecer um clima casual para seu jantar. Para um ambiente mais formal, adicione mais peças. Traga pratos, talheres, copos e outras peças para a mesa, conforme descreveremos a seguir.

Configuração de montagem para uma mesa básica

Essa configuração é apropriada para a maioria das ocasiões, sendo extremamente simples de montar. Você apenas deve adicionar as peças básicas conforme for necessário.

O prato é posicionado no centro e todo o resto é colocado ao redor dele. Em seguida, os talheres devem ser dispostos ao redor do prato seguindo o padrão:

  • À esquerda do prato fica o garfo;
  • À direita do prato estão a colher e a faca. A faca é sempre posta à direita do prato. Sua ponta afiada voltada para o prato. Enquanto à direita da faca está a colher;
  • Um copo de água fica acima da faca.

Os guardanapos podem ser colocados sob os garfos ou no prato para um ambiente informal.

Configuração de montagem para jantares ou lanches

Basta começar com uma configuração básica e adicionar a ela estes itens:

  • Se uma salada for servida, o garfo da salada é colocado à esquerda do garfo de jantar. Elimine o garfo de salada se nenhuma salada for servida ou coloque-o à direita do garfo de jantar para usar como garfo de sobremesa, se apropriado.
  • Se for servida sopa, coloque a tigela no prato e uma colher de sopa à direita da colher;
  • Os pratos de salada devem fica à esquerda dos garfos. Posicione os pratos de manteiga acima dos garfos e, após isso, disponha o espalhador de manteiga sobre o prato;
  • A xícara e o pires devem ficar acima das colheres com a alça voltada para a direita. Os copos de água, ou de vinho dependendo do caso, devem ser posicionados à esquerda da xícara de café.

Configuração de montagem para refeições formais

Comece com o mesmo cenário anterior para um jantar ou almoço informal. Após isso, acrescente mais detalhes usando as seguintes ideias:

  • Os copos de vinho branco e tinto (se necessário) junto com os copos de água estão posicionados à esquerda da xícara de café;
  • As colheres de bebida, sopa e/ou sobremesa estão à direita da faca ou podem ser levadas para a mesa quando a sopa ou sobremesa for servida;
  • Para enfeitar ainda mais, coloque um guardanapo sob o prato.

Considerações finais

Por fim, é sempre bom ter saleiros e pimenteiros sobre a mesa e, se houver espaço, velas em castiçais, flores frescas em um vaso ou uma pequena tigela de frutas para fins decorativos.

Termine o visual garantindo que tudo está devidamente alinhado e todos os talheres estão combinando.

Se você deseja ir além, faça seus convidados se sentirem ainda mais especiais, colocando um cartão com o nome deles diretamente acima da colher de sobremesa, colocado entre o sal e a pimenta.

Pôr a mesa pode parecer uma tarefa intimidante, especialmente se você nunca aprendeu a fazer isso, mas temos certeza que com as dicas que compartilhamos neste artigo você será capaz de fazer isso com maestria.

novembro 03, 2021

Decoração rústica: O que isso realmente significa?

Um estilo intimamente ligado à simplicidade e aos elementos naturais, a decoração de estilo rústico nunca sai de moda e é muito utilizada para decorar desde casas a lojas e hotéis, bem como para espaços abertos como jardins e varandas.

Quer seja aplicado no interior ou no exterior, é certo que será sempre um mix harmonioso de natureza, conforto e tranquilidade.

Se você é apaixonado por esse estilo único, lembre-se de que não precisa morar no campo para poder aplicá-lo a um ou mais cômodos da sua casa. Aqui estão alguns detalhes que você não pode perder se planeja dar à sua casa uma decoração naturalmente surpreendente!

Matérias-primas e cores predominantes

A madeira é a matéria-prima chave eleita na hora de criar um estilo rústico. Utilizado em móveis, pisos, portas, paredes e janelas graças ao aspecto natural que proporciona, é ainda melhor quando tem nós e veios particularmente visíveis.

Incluir outros elementos naturais, como plantas, cascas de árvores, galhos e folhas secas, também pode ser um excelente complemento.

Enquanto tijolo e pedra podem ser frequentemente vistos nas paredes, outro material muito versátil - cimento queimado - também é frequentemente usado em pisos, paredes e bancadas.

Detalhes de ferro em abajures e pés de banco e cadeira se encaixam perfeitamente no resto da decoração, assim como o couro quando usado em sofás ou tapetes.

Quando este estilo atemporal é usado para decorar espaços, o que mais se destaca neles é o predomínio de cores claras e neutras como branco, bege, marrom e cinza, pois combinam bem com qualquer outra característica.

Móveis, detalhes decorativos e iluminação

Este estilo exige características mais orgânicas e geralmente menos ousadas, embora possam ser muito elegantes e acolhedores. Não há opção melhor do que usar móveis de madeira (tanto quanto possível!), Sejam em mesas, sofás ou poltronas.

Se algumas dessas peças apresentam imperfeições, estão visivelmente gastas ou velhas, convém misturá-las com peças novas ou mesmo outros estilos decorativos. Eles com certeza criarão um visual fantástico!

Materiais naturais como couro, lã, bambu, cortiça, tecidos e latão, assim como peles ou tapeçarias de couro, podem ser elementos chave que realmente trazem algo especial à sua decoração, conferindo-lhe personalidade e aquele toque especial de acabamento.

Sem, é claro, esquecer a iluminação - um detalhe que nunca pode ser dado como certo em nenhum projeto de design, pois tem o poder de transformar qualquer ambiente.

Este estilo é caracterizado por seu visual confortável e aparentemente despreocupado, que é criado a partir de peças texturizadas que não são acabadas nem polidas, parecendo requintadas quando misturadas com peças extraídas de outros estilos (do moderno ao minimalista ou industrial)

Praticidade e propósito

Você provavelmente já percebeu que, com design de interiores rústico, tudo tem um propósito; todos os itens têm uma razão de estar lá. Isso não quer dizer que você não pode usar acessórios com amor, mas manter os ambientes práticos e funcionais.

Se você exagerar nos acessórios com peças que não evocam as funções de uma sala, com certeza criará uma sensação confusa de decoração rústica.

Ideias de decoração para salas de estar geralmente incluem acessórios lúdicos, arte e bugigangas. Já as ideias de decoração rústica para salas de jantar também devem incluir muitos lugares para sentar para manter os visitantes aconchegados.

Seja qual for o ambiente que você esteja recriando com um espírito rústico, esperamos que as dicas que compartilhamos aqui possam ajudá-lo a criar uma estética rústica linda e funcional.

outubro 27, 2021

Guia completo: Como usar um aparador para decorar seu ambiente

Embora aparadores - também conhecidos como buffets - tenham sido originalmente criados como superfícies de serviço adicionais para salas de jantar, eles percorreram um longo caminho e estamos convencidos de que são um dos móveis mais versáteis que existem.

Graças à sua ampla variedade de estilos e funcionalidade versátil, eles são uma excelente adição a todos os cômodos da casa. Compartilharemos nesse guia como você pode adicioná-los em ambientes como quartos, escritórios e muito mais.

Como você escolhe um aparador?

Existem tantos estilos e tipos de aparadores para escolher que o momento da compra pode se tornar bem difícil. Lembre-se de que um aparador é uma peça de destaque funcional e um espaço de armazenamento.

É importante escolher um aparador que não sobrecarregue, nem prejudique, a mesa da sala de jantar, o sofá, a cama ou outros móveis importantes em uma ambiente.

É importante manter a mesma estética, se os seus moveis possuem um visual rústico, um design contemporâneo, algo mais retro ou uma estética industrial minimalista, é importante escolher um aparador que complemente o ambiente.

No seu corredor

Os corredores são muitas vezes a terra de ninguém do design de casas: espaços negligenciados que recebem, no máximo, uma pintura na parede.

Se o seu corredor for grande o suficiente, invista em um aparador estreito. Isso fará com que o ambiente não pareça tão esquecido quanto o resto da sua casa. Você pode usá-lo como depósito de lençóis e toalhas limpas.

Em seu quarto

Cômodas tendem a ser a solução de armazenamento ideal para a maioria dos quartos. Entretanto, um aparador pode ser colocado em espaços baixos, como sob uma janela por exemplo, ao mesmo tempo em que oferece muitos lugares para guardar suas coisas.

Muitos incluem uma combinação de gavetas, para armazenar peças intimas, além de uma superfície bonita para exibir livros e bugigangas. Fora isso, alguns aparadores dispõem de prateleiras ajustáveis, para roupas e acessórios no geral.

No seu escritório

Afaste-se dos armários de arquivamento padrão e, em vez disso, busque um aparador. As gavetas podem armazenar itens soltos, como clipes de papel e caixas de grampos, enquanto as prateleiras podem ser dimensionadas para pastas.

Em sua sala de estar

Quando se trata de sua sala de estar, o aparador pode funcionar de várias maneiras. É possível colocar sua TV em cima e esconder seus equipamentos eletrônicos dentro, por exemplo.

Organize-o costas com costas com um sofá "flutuante" – um sofá que não fique encostado na parede - ou coloque-o sob um espelho suspenso ou pintura para criar uma estética elegante. O que não faltam são opções!

Considerações finais

Esperamos que você leve um aparador para dentro de sua casa e encontre um valor tremendo nesta forma prática e bonita de armazenamento e decoração.

Como vimos, você pode usar um aparador na sala de estar, no seu quarto, em um corredor ou até mesmo na sala na sala de jantar para criar um ambiente mais sofisticado e atraente.

Mostre com orgulho suas habilidades de decoração de interiores e leve para casa um aparador de alta qualidade e durabilidade.

outubro 20, 2021

É necessário combinar cadeiras e bancos em uma mesa de jantar?

Quando se trata de escolher bancos para sua sala de jantar, há muitos fatores a serem considerados. Uma das principais questões é se eles devem ou não combinar com as cadeiras de jantar.

De muitas maneiras, os bancos podem ser o ponto focal do espaço e costumam ser usados ​​para acomodar uma grande quantidade de convidados. Portanto, é importante considerar o impacto visual que esses acentos terão.

No geral, os bancos não devem combinar com às cadeiras de jantar completamente, mas é uma boa ideia que eles compartilhem algumas semelhanças visuais. Se você ainda tiver alguma dúvida sobre bancos, como combiná-los e quais são os melhores materiais, está no lugar certo.

Neste guia, exploraremos o tópico com mais detalhes. Continue lendo!

Por que bancos e cadeiras de jantar não precisam ser iguais

Falaremos a seguir mais sobre por que combinar não é necessariamente a melhor abordagem quando se trata de escolher bancos e cadeiras de jantar.

Camada e aparência completa

A sala de jantar, sem dúvida, parecerá mais cheia por ter assentos de aparência diferente.

Quando os bancos e as cadeiras de jantar forem diferentes, a casa terá mais dimensão visual. Experimente algumas técnicas de design diferentes entre os espaços. Misture a cor do assento, mas combine sua forma e textura.

Você pode manter a mesma paleta de cores, mas depois utilizar uma textura diferente no material. Ou pode combinar o estilo, mas usar texturas diferentes. Com essas técnicas, sua sala de jantar ficará cheia de camadas criando um ambiente mais aconchegante.

Mais personalidade

Ninguém quer criar um espaço com uma aparência entediante! Uma maneira de evitar essa armadilha é escolher bancos e cadeiras de jantar que não combinam.

Pense desta forma - cada área é uma oportunidade de adicionar mais personalidade à sua casa. Portanto, aproveite a oportunidade para expressar ao máximo sua personalidade com diferentes bancos e cadeiras de jantar.

Mais interesse visual

Quando os elementos decorativos combinam, o interesse visual do espaço costuma ser afetado.

A combinação pode certamente ser uma boa estratégia decorativa em certas circunstâncias, mas quando se trata de selecionar bancos e cadeiras que provavelmente estão em ambientes iguais, a combinação não é um requisito.

Há muito mais interesse visual em uma sala de jantar quando a disposição dos assentos é diferente. O contraste positivo é a chave para uma estética de sucesso.

Qual é o melhor material para bancos de jantar?

O melhor material para bancos de jantar é algo que tenha uma boa aparência, seja confortável e possa ser facilmente limpo. Os assentos devem ser acolhedores para os convidados e combinar com a estética do ambiente.  

Como os bancos fazem parte da experiência gastronômica, é provável que comida ou bebida acabe sendo derramada sobre os bancos também. Você vai querer um material que seja fácil de limpar para manter os bancos do bar com a melhor aparência o tempo todo.

Os três melhores materiais para assentos são madeira, estofamento de tecido e couro:

  • Madeira. A madeira é um dos materiais mais duráveis ​​que existe. Em caso de derramamento, a madeira pode ser limpa imediatamente. Devido à sua estética mais neutra, os bancos de madeira complementam praticamente qualquer estilo.
  • Tecido estofado. O estofamento de tecido é uma escolha clássica para todos os assentos, além de ser um banco excepcionalmente confortável. Para sua sorte, o estofamento em tecido vem em uma ampla variedade de opções de cores, para que você possa encontrar os bancos perfeitos para o seu espaço. A única desvantagem dos bancos de bar com estofamento de tecido é que eles podem ser mais difíceis de limpar em caso de acidentes.
  • O couro se tornou uma escolha popular para bancos ao longo dos anos e por um bom motivo. Possui uma estética clássica e atemporal, e é flexível o suficiente para oferecer um tremendo conforto.

Considerações finais

Como você pode ver, os bancos e as cadeiras de jantar representam uma oportunidade de mudar o foco e o estilo da sua sala de jantar. E dado o grande número de armações e opções de estofamento que oferecemos, você com certeza encontrará a combinação perfeita.

Esperamos que este guia tenha lhe dado alguma orientação em relação à sua decisão de compra. Não deixe de comentar abaixo que tipos de bancos e cadeiras você pretende adicionar à sua casa. Adoramos as dicas dos nossos leitores!

outubro 13, 2021

Seu guia definitivo para comprar uma mesa de jantar rústica

Comer ao ar livre é uma das grandes alegrias da vida. O que poderia ser melhor do que sentar em sua varanda gourmet em uma tarde gloriosa, ou em uma bela noite, e fazer um churrasco com a família e amigos?

Criar uma experiência gastronômica perfeita é uma arte - você precisa de refeições maravilhosas, bebidas deliciosas, convidados gloriosos e móveis fantásticos.

Embora não possamos ajudar quando se trata de preparar uma banquete na cozinha, quando se trata da melhor mobília para sua varanda gourmet podemos ajudar você. É por isso que elaboramos este guia abrangente para ajudá-lo a escolher a mesa, as cadeiras e outros móveis certos para uma experiência de jantar perfeita.

Etapa 1: Decida sobre a mesa certa para o seu conjunto de jantar

A mesa é a peça central da sua sala de jantar, por isso é vital acertar aqui. Pense no tipo de experiência gastronômica que você deseja criar.

Para refeições e jantares mais formais, você pode querer uma mesa mais longa com extremidades arredondadas ou quadradas. Para uma reunião mais informal, uma mesa de jantar redonda pode ser perfeita.

Você precisará combinar o tamanho de sua mesa de jantar com o número de pessoas que deseja servir. Não seja tímido - quando a notícia se espalhar sobre como é bom jantar em sua varanda gourmet, a sua família e os amigos implorarão por um convite!

Em outras palavras, busque por configurações de lugares maiores do que você normalmente escolheria. Mesmo que você não preencha a mesa todas as vezes, o espaço extra tornará muito mais fácil se mover, sentar e relaxar.

Etapa 2: Escolha as cadeiras de jantar certas para o seu espaço

Seus convidados vão querer relaxar em belas cadeiras enquanto desfrutam de sua comida. Você pode escolher cadeiras projetadas para combinar com sua mesa de jantar ou misturá-las um pouco e ir para designs alternativos e ecléticos.

Recomendamos comprar cadeiras de jantar em conjuntos de dois. Para simplicidade e facilidade, você pode facilmente comprar um conjunto de jantar completo - uma mesa que vem com duas, quatro ou seis cadeiras combinando.

Etapa 3: Escolha os materiais certos para o seu conjunto de jantar

Conjuntos de jantar estão disponíveis em uma ampla variedade de materiais - madeiras macias como pinho, madeiras duras como carvalho e teca, vime e alumínio estão disponíveis. Quando se trata de escolher os materiais certos para seus conjuntos de jantar, você deve levar vários fatores em consideração:

  • Durabilidade: quão bem o seu conjunto de jantar durará quando for deixado do lado de fora?
  • Manutenção: quão fácil será cuidar do seu conjunto de jantar?
  • Aparência: como ficará seu conjunto de jantar ao longo do tempo?
  • Superfícies: quão bem as superfícies resistem a comida e bebida?
  • Conforto: quão confortável e luxuoso será o seu conjunto de jantar?

Etapa 4: Calcule quanto espaço você tem disponível

Dê uma olhada na variedade de mesas rusticas de jantar disponíveis e, quando você tiver restringido suas escolhas, pense sobre a "pegada" geral ou espaço que a mesa e as cadeiras ocuparão.

  • Meça cuidadosamente sua varanda gourmet e use fita adesiva, ou outra forma de marcar o tamanho da mesa, antes de comprá-la.
  • Em seguida, crie modelos semelhantes para as cadeiras para que você possa ver como elas irão interagir com a mesa e com o espaço geral.
  • Você vai querer algum espaço entre as cadeiras e espaço suficiente ao redor do lado de fora para permitir que as pessoas se movam facilmente.
  • Se você não vai deixar o conjunto de jantar do lado de fora durante todo o ano, você precisará descobrir se há espaço suficiente para armazená-lo.

Considerações finais

Quando se trata de escolher a mesa rústica perfeita para sua área gourmet, há muito a considerar. Esperamos que este guia tenha fornecido algumas das informações mais importantes de que você precisa para fazer uma escolha assertiva!

Se você ainda tiver dúvidas, entre em contato conosco. Estamos à disposição para ajudá-lo em sua jornada de compra.

setembro 15, 2021

Como não errar na hora de escolher suas novas cadeiras de jantar

Escolher as cadeiras certas para sua mesa de jantar não é uma decisão fácil. Se você recebe convidados com frequência ou apenas janta com sua família todas as noites, cadeiras confortáveis ​​são essenciais para sua casa.

Mas com tantas opções para escolher - estilo, formato, apoios de braços e muito mais - é difícil ter certeza de que você está fazendo a compra certa. Hoje compartilharemos um mini guia para você não errar na hora da compra as cadeiras de jantar da sua casa.

Arranjos: Montando seu conjunto

Vamos começar com os arranjos de cadeiras de jantar mais comuns. Existem três tipos principais de arranjos de cadeiras:

1. Cadeiras correspondentes

O arranjo de cadeiras de sala de jantar mais comum é composto de 2 ou mais cadeiras correspondentes colocadas ao redor da mesa.

2. Combinação de cadeira de cabeça e lateral

Algumas salas de jantar terão duas cadeiras de expressão opostas uma à outra na cabeceira e na extremidade da mesa. 4 ou mais cadeiras laterais são então colocadas ao longo da mesa entre as duas cabeças. Este arranjo só funciona em salas de jantar com mesas retangulares.

3. Cadeiras incompatíveis

Para um visual eclético, você pode optar por um grupo de cadeiras de jantar incompatíveis. Esta opção funciona melhor em salas de jantar de estilo industrial e salas de jantar de estilo boêmio. Para este arranjo, cada cadeira deve ser única.

Além desses três arranjos, você também pode usar opções de assentos não convencionais, como bancos, que são ótimos para crianças, dependendo de suas necessidades.

Dicas para o momento da compra

Nossa maior dica para o momento da compra é medir tudo antes de comprar! Certifique-se de deixar espaço suficiente para os braços e para as pernas para todos os convidados em sua mesa de jantar.

A regra prática é: 25 cm de espaço para as pernas (espaço entre o assento e a mesa de jantar) e 60 cm de largura de mesa para cada convidado.

Você também deve permitir alguns centímetros de espaço vazio atrás de cada convidado em sua mesa de jantar enquanto eles estão sentados.

Materiais a perder de vista

Cadeiras de jantar, como a maioria das peças de mobília, vêm em uma variedade de materiais hoje em dia. Como diz o ditado: você recebe o que paga.

Não há nada de errado em comprar produtos de baixo custo feitos de materiais sintéticos, mas não se surpreenda se precisar substituí-los depois de um ou dois anos. Os materiais mais comuns para cadeiras de jantar são:

1. Madeira

A madeira é o material mais comum usado para fabricar móveis. Deixadas em seu estado natural, as cadeiras de jantar de madeira podem dar um ar de casa de fazenda ou rústico ao seu espaço.

2. Rattan

Rattan é um material favorito para cadeiras de jantar em casas costeiras ou boêmias - o material é leve, mas durável.

3. Plástico

O plástico é uma ótima opção para casas com crianças, pois pode ser facilmente limpo. As cadeiras de jantar de plástico costumam ser leves, o que as torna fáceis de pegar e usar em outras áreas da casa.

4. Metal

Cadeiras de jantar de metal são normalmente encontradas em salas de jantar de estilo industrial. Eles podem ser parcialmente trabalhados com madeira. Para torná-los mais aconchegantes, você pode comprar uma almofada de assento.

Considerações finais

Por último, mas não menos importante, aproveite o processo de escolha! Lembre-se de que cada espaço é diferente e você precisa decidir qual estilo se adapta à sua personalidade para completar a casa que você ama.

Esperamos que essas dicas ajudem você a escolher as melhores cadeiras para sua sala de jantar!

setembro 08, 2021

Guia do proprietário: Conheça as características da madeira natural em móveis

Existem vários tipos de madeira natural usados ​​em móveis, variando em densidade, cor, padrão de grão e preço.

Quanto mais informado você estiver sobre a madeira utilizada em seus móveis, mais fácil será seu processo de compra. Além disso, conhecer as características da madeira natural também lhe dará uma sensação maior de conexão com seus móveis.

Afinal, a madeira é um material nativo do nosso planeta. Por natureza, é variado, único e tem uma história própria para contar. Decidimos criar este guia rápido para que você tenha todas as informações necessárias sobre móveis de madeira natural em um só lugar.

Características naturais da madeira

A primeira coisa a ter em mente quando se pensa em móveis de madeira é que a madeira é um material vivo.

Suas características nunca serão uniformes e a perfeição nunca deve ser esperada. Uma árvore, e portanto a madeira, está constantemente se adaptando ao ambiente em que está crescendo.

Embora você não possa esperar "perfeição" de móveis de madeira, acreditamos que é aí que reside a beleza. Em cada marca, mancha mineral e padrão de cor, há uma história.

As marcas naturais na madeira, chamadas de bolsões de piche, ocorrem quando uma árvore encontra insetos e outros seres vivos durante sua jornada.

Com o passar dos anos, a árvore se adapta ao rastro que eles deixam, criando uma marca. Essas marcas, junto com estrias minerais, proporcionam belo contraste em produtos de madeira natural.

Quando você compra uma peça de mobília de madeira natural, está comprando uma história de décadas; uma história que começa como uma muda e continua até chegar em sua casa.

Como escolher o tipo de madeira perfeita para seu ambiente

A escolha de um tipo de madeira dependerá principalmente do seu estilo e da preferência de cor e acabamento.

Para um visual arejado e leve, Maple ou Ash são ótimas opções. A madeira do pé de noz tornou-se cada vez mais popular nos últimos anos e é uma excelente opção para uma casa moderna ou contemporânea.

A madeira de cerejeira tende a se adequar a uma casa com um estilo mais tradicional. Se você está procurando uma aparência industrial texturizada, pode procurar por madeira de resgate.

Normalmente também existem diversas opções para o acabamento de uma peça de madeira. Um acabamento fosco tende a dar à madeira uma sensação natural e crua, em oposição a um esmalte brilhante que parecerá mais polido e refinado.

Como cuidar dos seus móveis naturais

É importante não só adquirir um produto de madeira natural de qualidade, mas também mantê-lo em bom estado. Para fazer isso, você deve seguir algumas dicas simples:

  • Remova regularmente a poeira dos móveis com um pano macio e seco;
  • Aspire periodicamente os móveis usando um bocal de cerdas macias;
  • Evite mudanças de temperatura e umidade para prevenir a deformação;
  • Não coloque objetos quentes sobre móveis de madeira;
  • Não use métodos de limpeza abrasivos;
  • Evite o contato frequente dos móveis com graxa ou umidade;
  • Se possível, instale os móveis longe de aparelhos de aquecimento e da luz solar direta.

Após a compra de móveis em madeira natural, você deve se familiarizar com as regras de uso, fornecidas pelo fabricante.

E lembre-se que moveis de madeira estão sempre em alta. Eles são dotados de muitas vantagens: respeito ao meio ambiente, boa qualidade, confiabilidade, durabilidade e design atraente.

Com os devidos cuidados, esses produtos podem não só encher a casa de aconchego, mas também se tornar uma espécie de herança de família que será passada de geração em geração.

 

setembro 01, 2021

6 dicas básicas para cuidar de móveis rústicos de madeira corretamente


Móveis de madeira de qualidade podem durar por toda a vida e muitas vezes são uma herança valiosa, transmitida por várias gerações. Ainda assim, mesmo a madeira da mais alta qualidade é suscetível a arranhões e abrasões se não for tratada adequadamente.

Ao comprar móveis rústicos de madeira, é sempre uma boa ideia buscar por instruções específicas de limpeza e cuidados. Para o bem dos móveis que já estão em sua casa e para aqueles que você pretende adquirir, aqui estão 6 dicas para manter a madeira com a melhor aparência possível.

1. Não maltrate os móveis

Para evitar manchas e danos, use sempre bases para copos ao colocar copos ou canecas em mesas de madeira e nunca coloque alimentos quentes diretamente sobre elas sem a proteção de um suporte ou porta-panelas.

Incorpore jogos americanos decorativos ou uma toalha de mesa para proteger a mesa da sala de jantar de derramamentos de comida e bebida.

2. Evite danos feitos pelo ambiente

A luz solar, o calor e outros fatores ambientais podem causar estragos em sua madeira rústica. Não coloque móveis valiosos na frente de janelas ou ambientes totalmente descobertos, pois a luz e o calor podem danificar e desbotar a madeira.

3. Retire o pó frequentemente

Ninguém gosta de tirar o pó, mas a tarefa é uma das melhores maneiras de cuidar dos móveis. Partículas transportadas pelo ar podem formar uma camada fina na madeira.

A limpeza frequente evita que esse acúmulo aconteça. Sempre com as janelas abertas, limpe a mesa de madeira usando panos macios como camisetas de algodão ou microfibra para evitar danos.

Espanadores de lã de carneiro são ótimos para lugares difíceis de alcançar porque atraem e retêm poeira de maneira eficaz.

4. Mantenha sua madeira limpa

Às vezes, tirar o pó não é suficiente e você achará necessário limpar seus móveis de madeira rústica.

Nunca use produtos de limpeza comuns, pois podem danificar o acabamento, se você tiver uma mancha muito suja ou pegajosa, molhe um pano em água com um detergente neutro - torça o máximo possível e limpe suavemente a área.

Certifique-se de enxaguar com um pano úmido contendo apenas água e, em seguida, limpe imediatamente com um pano macio e seco.

5. Proteja sua madeira

A maioria dos polidores e sprays comerciais contém destilados de petróleo ou óleo de silicone para um acabamento fresco e brilhante e para oferecer alguma proteção para sua madeira.

Certifique-se de não usar muito produto. Isso pode causar um acúmulo que se combina com a sujeira para criar uma película opaca.

Sempre certifique-se de polir bem ao usar produtos para ajudar a evitar esse acúmulo, e nunca use esses produtos com um protetor de cera porque a combinação resultará em outra bagunça.

6. Remova manchas difíceis

Apesar de seus melhores esforços, às vezes o inevitável acontece e seus lindos móveis de madeira ficam manchados. Não importa o tipo de mancha que você tenha, certifique-se de limpá-la o mais rápido possível - quanto mais tempo permanecer, mais difícil será removê-la.

  • Para anéis claros de copos molhados, aplique uma pasta de igual quantidade de pasta de dente branca e bicarbonato de sódio. Esfregue na mancha até que desapareça. Em seguida, limpe os móveis e lustre com um pano seco.
  • Para manchas escuras causadas por água, tente secar suavemente a mancha com um pano embebido em vinagre.

Cuidar bem dos seus móveis de madeira rústica não é difícil nem demorado, e a recompensa pelo seu esforço será uma casa cheia de belos móveis de madeira que parecem tão belos quanto no dia em que você os comprou - agora e durante anos vir.

 

1 2 3 13 Avançar »

Mesa Rustica