Blog Madeirado - Loja de Móveis de Madeira Macica Página 2 - Madeirado - Mesa de Madeira Rustica
outubro 13, 2021

Seu guia definitivo para comprar uma mesa de jantar rústica

Comer ao ar livre é uma das grandes alegrias da vida. O que poderia ser melhor do que sentar em sua varanda gourmet em uma tarde gloriosa, ou em uma bela noite, e fazer um churrasco com a família e amigos?

Criar uma experiência gastronômica perfeita é uma arte - você precisa de refeições maravilhosas, bebidas deliciosas, convidados gloriosos e móveis fantásticos.

Embora não possamos ajudar quando se trata de preparar uma banquete na cozinha, quando se trata da melhor mobília para sua varanda gourmet podemos ajudar você. É por isso que elaboramos este guia abrangente para ajudá-lo a escolher a mesa, as cadeiras e outros móveis certos para uma experiência de jantar perfeita.

Etapa 1: Decida sobre a mesa certa para o seu conjunto de jantar

A mesa é a peça central da sua sala de jantar, por isso é vital acertar aqui. Pense no tipo de experiência gastronômica que você deseja criar.

Para refeições e jantares mais formais, você pode querer uma mesa mais longa com extremidades arredondadas ou quadradas. Para uma reunião mais informal, uma mesa de jantar redonda pode ser perfeita.

Você precisará combinar o tamanho de sua mesa de jantar com o número de pessoas que deseja servir. Não seja tímido - quando a notícia se espalhar sobre como é bom jantar em sua varanda gourmet, a sua família e os amigos implorarão por um convite!

Em outras palavras, busque por configurações de lugares maiores do que você normalmente escolheria. Mesmo que você não preencha a mesa todas as vezes, o espaço extra tornará muito mais fácil se mover, sentar e relaxar.

Etapa 2: Escolha as cadeiras de jantar certas para o seu espaço

Seus convidados vão querer relaxar em belas cadeiras enquanto desfrutam de sua comida. Você pode escolher cadeiras projetadas para combinar com sua mesa de jantar ou misturá-las um pouco e ir para designs alternativos e ecléticos.

Recomendamos comprar cadeiras de jantar em conjuntos de dois. Para simplicidade e facilidade, você pode facilmente comprar um conjunto de jantar completo - uma mesa que vem com duas, quatro ou seis cadeiras combinando.

Etapa 3: Escolha os materiais certos para o seu conjunto de jantar

Conjuntos de jantar estão disponíveis em uma ampla variedade de materiais - madeiras macias como pinho, madeiras duras como carvalho e teca, vime e alumínio estão disponíveis. Quando se trata de escolher os materiais certos para seus conjuntos de jantar, você deve levar vários fatores em consideração:

  • Durabilidade: quão bem o seu conjunto de jantar durará quando for deixado do lado de fora?
  • Manutenção: quão fácil será cuidar do seu conjunto de jantar?
  • Aparência: como ficará seu conjunto de jantar ao longo do tempo?
  • Superfícies: quão bem as superfícies resistem a comida e bebida?
  • Conforto: quão confortável e luxuoso será o seu conjunto de jantar?

Etapa 4: Calcule quanto espaço você tem disponível

Dê uma olhada na variedade de mesas rusticas de jantar disponíveis e, quando você tiver restringido suas escolhas, pense sobre a "pegada" geral ou espaço que a mesa e as cadeiras ocuparão.

  • Meça cuidadosamente sua varanda gourmet e use fita adesiva, ou outra forma de marcar o tamanho da mesa, antes de comprá-la.
  • Em seguida, crie modelos semelhantes para as cadeiras para que você possa ver como elas irão interagir com a mesa e com o espaço geral.
  • Você vai querer algum espaço entre as cadeiras e espaço suficiente ao redor do lado de fora para permitir que as pessoas se movam facilmente.
  • Se você não vai deixar o conjunto de jantar do lado de fora durante todo o ano, você precisará descobrir se há espaço suficiente para armazená-lo.

Considerações finais

Quando se trata de escolher a mesa rústica perfeita para sua área gourmet, há muito a considerar. Esperamos que este guia tenha fornecido algumas das informações mais importantes de que você precisa para fazer uma escolha assertiva!

Se você ainda tiver dúvidas, entre em contato conosco. Estamos à disposição para ajudá-lo em sua jornada de compra.

setembro 15, 2021

Como não errar na hora de escolher suas novas cadeiras de jantar

Escolher as cadeiras certas para sua mesa de jantar não é uma decisão fácil. Se você recebe convidados com frequência ou apenas janta com sua família todas as noites, cadeiras confortáveis ​​são essenciais para sua casa.

Mas com tantas opções para escolher - estilo, formato, apoios de braços e muito mais - é difícil ter certeza de que você está fazendo a compra certa. Hoje compartilharemos um mini guia para você não errar na hora da compra as cadeiras de jantar da sua casa.

Arranjos: Montando seu conjunto

Vamos começar com os arranjos de cadeiras de jantar mais comuns. Existem três tipos principais de arranjos de cadeiras:

1. Cadeiras correspondentes

O arranjo de cadeiras de sala de jantar mais comum é composto de 2 ou mais cadeiras correspondentes colocadas ao redor da mesa.

2. Combinação de cadeira de cabeça e lateral

Algumas salas de jantar terão duas cadeiras de expressão opostas uma à outra na cabeceira e na extremidade da mesa. 4 ou mais cadeiras laterais são então colocadas ao longo da mesa entre as duas cabeças. Este arranjo só funciona em salas de jantar com mesas retangulares.

3. Cadeiras incompatíveis

Para um visual eclético, você pode optar por um grupo de cadeiras de jantar incompatíveis. Esta opção funciona melhor em salas de jantar de estilo industrial e salas de jantar de estilo boêmio. Para este arranjo, cada cadeira deve ser única.

Além desses três arranjos, você também pode usar opções de assentos não convencionais, como bancos, que são ótimos para crianças, dependendo de suas necessidades.

Dicas para o momento da compra

Nossa maior dica para o momento da compra é medir tudo antes de comprar! Certifique-se de deixar espaço suficiente para os braços e para as pernas para todos os convidados em sua mesa de jantar.

A regra prática é: 25 cm de espaço para as pernas (espaço entre o assento e a mesa de jantar) e 60 cm de largura de mesa para cada convidado.

Você também deve permitir alguns centímetros de espaço vazio atrás de cada convidado em sua mesa de jantar enquanto eles estão sentados.

Materiais a perder de vista

Cadeiras de jantar, como a maioria das peças de mobília, vêm em uma variedade de materiais hoje em dia. Como diz o ditado: você recebe o que paga.

Não há nada de errado em comprar produtos de baixo custo feitos de materiais sintéticos, mas não se surpreenda se precisar substituí-los depois de um ou dois anos. Os materiais mais comuns para cadeiras de jantar são:

1. Madeira

A madeira é o material mais comum usado para fabricar móveis. Deixadas em seu estado natural, as cadeiras de jantar de madeira podem dar um ar de casa de fazenda ou rústico ao seu espaço.

2. Rattan

Rattan é um material favorito para cadeiras de jantar em casas costeiras ou boêmias - o material é leve, mas durável.

3. Plástico

O plástico é uma ótima opção para casas com crianças, pois pode ser facilmente limpo. As cadeiras de jantar de plástico costumam ser leves, o que as torna fáceis de pegar e usar em outras áreas da casa.

4. Metal

Cadeiras de jantar de metal são normalmente encontradas em salas de jantar de estilo industrial. Eles podem ser parcialmente trabalhados com madeira. Para torná-los mais aconchegantes, você pode comprar uma almofada de assento.

Considerações finais

Por último, mas não menos importante, aproveite o processo de escolha! Lembre-se de que cada espaço é diferente e você precisa decidir qual estilo se adapta à sua personalidade para completar a casa que você ama.

Esperamos que essas dicas ajudem você a escolher as melhores cadeiras para sua sala de jantar!

setembro 08, 2021

Guia do proprietário: Conheça as características da madeira natural em móveis

Existem vários tipos de madeira natural usados ​​em móveis, variando em densidade, cor, padrão de grão e preço.

Quanto mais informado você estiver sobre a madeira utilizada em seus móveis, mais fácil será seu processo de compra. Além disso, conhecer as características da madeira natural também lhe dará uma sensação maior de conexão com seus móveis.

Afinal, a madeira é um material nativo do nosso planeta. Por natureza, é variado, único e tem uma história própria para contar. Decidimos criar este guia rápido para que você tenha todas as informações necessárias sobre móveis de madeira natural em um só lugar.

Características naturais da madeira

A primeira coisa a ter em mente quando se pensa em móveis de madeira é que a madeira é um material vivo.

Suas características nunca serão uniformes e a perfeição nunca deve ser esperada. Uma árvore, e portanto a madeira, está constantemente se adaptando ao ambiente em que está crescendo.

Embora você não possa esperar "perfeição" de móveis de madeira, acreditamos que é aí que reside a beleza. Em cada marca, mancha mineral e padrão de cor, há uma história.

As marcas naturais na madeira, chamadas de bolsões de piche, ocorrem quando uma árvore encontra insetos e outros seres vivos durante sua jornada.

Com o passar dos anos, a árvore se adapta ao rastro que eles deixam, criando uma marca. Essas marcas, junto com estrias minerais, proporcionam belo contraste em produtos de madeira natural.

Quando você compra uma peça de mobília de madeira natural, está comprando uma história de décadas; uma história que começa como uma muda e continua até chegar em sua casa.

Como escolher o tipo de madeira perfeita para seu ambiente

A escolha de um tipo de madeira dependerá principalmente do seu estilo e da preferência de cor e acabamento.

Para um visual arejado e leve, Maple ou Ash são ótimas opções. A madeira do pé de noz tornou-se cada vez mais popular nos últimos anos e é uma excelente opção para uma casa moderna ou contemporânea.

A madeira de cerejeira tende a se adequar a uma casa com um estilo mais tradicional. Se você está procurando uma aparência industrial texturizada, pode procurar por madeira de resgate.

Normalmente também existem diversas opções para o acabamento de uma peça de madeira. Um acabamento fosco tende a dar à madeira uma sensação natural e crua, em oposição a um esmalte brilhante que parecerá mais polido e refinado.

Como cuidar dos seus móveis naturais

É importante não só adquirir um produto de madeira natural de qualidade, mas também mantê-lo em bom estado. Para fazer isso, você deve seguir algumas dicas simples:

  • Remova regularmente a poeira dos móveis com um pano macio e seco;
  • Aspire periodicamente os móveis usando um bocal de cerdas macias;
  • Evite mudanças de temperatura e umidade para prevenir a deformação;
  • Não coloque objetos quentes sobre móveis de madeira;
  • Não use métodos de limpeza abrasivos;
  • Evite o contato frequente dos móveis com graxa ou umidade;
  • Se possível, instale os móveis longe de aparelhos de aquecimento e da luz solar direta.

Após a compra de móveis em madeira natural, você deve se familiarizar com as regras de uso, fornecidas pelo fabricante.

E lembre-se que moveis de madeira estão sempre em alta. Eles são dotados de muitas vantagens: respeito ao meio ambiente, boa qualidade, confiabilidade, durabilidade e design atraente.

Com os devidos cuidados, esses produtos podem não só encher a casa de aconchego, mas também se tornar uma espécie de herança de família que será passada de geração em geração.

 

setembro 01, 2021

6 dicas básicas para cuidar de móveis rústicos de madeira corretamente


Móveis de madeira de qualidade podem durar por toda a vida e muitas vezes são uma herança valiosa, transmitida por várias gerações. Ainda assim, mesmo a madeira da mais alta qualidade é suscetível a arranhões e abrasões se não for tratada adequadamente.

Ao comprar móveis rústicos de madeira, é sempre uma boa ideia buscar por instruções específicas de limpeza e cuidados. Para o bem dos móveis que já estão em sua casa e para aqueles que você pretende adquirir, aqui estão 6 dicas para manter a madeira com a melhor aparência possível.

1. Não maltrate os móveis

Para evitar manchas e danos, use sempre bases para copos ao colocar copos ou canecas em mesas de madeira e nunca coloque alimentos quentes diretamente sobre elas sem a proteção de um suporte ou porta-panelas.

Incorpore jogos americanos decorativos ou uma toalha de mesa para proteger a mesa da sala de jantar de derramamentos de comida e bebida.

2. Evite danos feitos pelo ambiente

A luz solar, o calor e outros fatores ambientais podem causar estragos em sua madeira rústica. Não coloque móveis valiosos na frente de janelas ou ambientes totalmente descobertos, pois a luz e o calor podem danificar e desbotar a madeira.

3. Retire o pó frequentemente

Ninguém gosta de tirar o pó, mas a tarefa é uma das melhores maneiras de cuidar dos móveis. Partículas transportadas pelo ar podem formar uma camada fina na madeira.

A limpeza frequente evita que esse acúmulo aconteça. Sempre com as janelas abertas, limpe a mesa de madeira usando panos macios como camisetas de algodão ou microfibra para evitar danos.

Espanadores de lã de carneiro são ótimos para lugares difíceis de alcançar porque atraem e retêm poeira de maneira eficaz.

4. Mantenha sua madeira limpa

Às vezes, tirar o pó não é suficiente e você achará necessário limpar seus móveis de madeira rústica.

Nunca use produtos de limpeza comuns, pois podem danificar o acabamento, se você tiver uma mancha muito suja ou pegajosa, molhe um pano em água com um detergente neutro - torça o máximo possível e limpe suavemente a área.

Certifique-se de enxaguar com um pano úmido contendo apenas água e, em seguida, limpe imediatamente com um pano macio e seco.

5. Proteja sua madeira

A maioria dos polidores e sprays comerciais contém destilados de petróleo ou óleo de silicone para um acabamento fresco e brilhante e para oferecer alguma proteção para sua madeira.

Certifique-se de não usar muito produto. Isso pode causar um acúmulo que se combina com a sujeira para criar uma película opaca.

Sempre certifique-se de polir bem ao usar produtos para ajudar a evitar esse acúmulo, e nunca use esses produtos com um protetor de cera porque a combinação resultará em outra bagunça.

6. Remova manchas difíceis

Apesar de seus melhores esforços, às vezes o inevitável acontece e seus lindos móveis de madeira ficam manchados. Não importa o tipo de mancha que você tenha, certifique-se de limpá-la o mais rápido possível - quanto mais tempo permanecer, mais difícil será removê-la.

  • Para anéis claros de copos molhados, aplique uma pasta de igual quantidade de pasta de dente branca e bicarbonato de sódio. Esfregue na mancha até que desapareça. Em seguida, limpe os móveis e lustre com um pano seco.
  • Para manchas escuras causadas por água, tente secar suavemente a mancha com um pano embebido em vinagre.

Cuidar bem dos seus móveis de madeira rústica não é difícil nem demorado, e a recompensa pelo seu esforço será uma casa cheia de belos móveis de madeira que parecem tão belos quanto no dia em que você os comprou - agora e durante anos vir.

 

agosto 18, 2021

Área de churrasco: Confira nosso guia para criar o ambiente perfeito

É sempre bom tirar um tempo para relaxar e uma área de churrasco pode servir como um ponto de descanso, entretenimento e conforto em sua casa, ajudando você recuperar suas energias enquanto se diverte e prepara receitas de dar água na boca.

Configurar uma área para churrasco em seu quintal pode ser tão simples quanto comprar alguns eletrodomésticos, acessórios e itens de decoração. Depois de estruturada, a área poderá atendê-lo de forma confiável por muito tempo, com baixa necessidade de manutenção.

Neste artigo decidimos compartilhar nossas dicas para montar um área de churrasco eficiente e aconchegante. Esperamos que seguindo os passos a seguir você possa construir o ambiente que tanto deseja.

Escolhendo a localização

Já decidiu a localização da área de churrasco? Pátios, varandas e decks são uma boa plataforma de base para configurar rapidamente o seu ambiente.

Se você estiver construindo um novo deck para churrasco inteiramente do zero você precisa pavimentar uma pequena área em seu quintal e, em seguida, montar uma base de concreto para a nova área.

Idealmente, o local deve ser amplo o suficiente para acomodar alguns equipamentos, assentos e, necessariamente, uma mesa de madeira de qualidade.

Observe, no entanto, que você precisa escolher um local que seja suficientemente distante de suas portas e janelas para evitar que a fumaça do churrasco cresça dentro de casa.

Fora isso, o local não deve ser muito longe. Assim, você não precisará andar muito ao se mover entre a área e a casa.

Comece com o básico

Se você estiver construindo a área para churrasco do zero, depois de escolher e pavimentar a área, a próxima coisa a fazer é construir o deck.

Você pode fazer isso de duas maneiras diferentes: construir um deck personalizado ou simplesmente montar uma estrutura feita de fábrica no local.

Para um deck personalizado, você precisa tomar decisões sobre vários aspectos do projeto. Desde os materiais usados ​​para a cobertura até verificações de segurança, etc.

Como tal, é sempre recomendável obter assistência profissional ao realizar construções. 

Como alternativa, você pode optar por uma área para churrasco feita de fábrica. Estas estruturas suportam todos os climas que podem proteger sua churrasqueira e outros aparelhos contra os elementos externos.

Opte por bons equipamentos

Se você está com um orçamento baixo, pode optar por churrasqueiras elétricas. Se você não tem muito espaço, uma churrasqueira portátil pode ser sua melhor opção.

Você também precisa considerar o que gostaria de cozinhar e para quantas pessoas você receberá ao escolher uma área para churrasco.

Você também pode trazer outros itens regulares de cozinha e eletrodomésticos como pia, um forno, uma geladeira e, como já citamos, uma mesa espaçosa e confiável. Assim, quando o churrasco estiver pronto será hora de reunir todos ao redor da mesa.

Dê a devida atenção a esse detalhe e garanta que seus convidados se sintam confortáveis. Festeje juntos durante o dia ou cozinhe sob as estrelas, uma boa mesa de madeira oferece o que é importante: um local para criar memórias com pessoas queridas.

Decore o espaço

Talvez seja a parte mais fácil. Você pode experimentar vários recursos e elementos de design. Mas tome cuidado para evitar a desordem, tente usar itens multifuncionais em vez de dois itens diferentes.

Você também precisa garantir que sua decoração esteja bem protegida das condições climáticas, escolhendo produtos feitos de materiais resistentes às intempéries, como plástico, polietileno, fibra de vidro, etc.

Não se esqueça de uma boa iluminação para manter a festa por muito mais tempo, mesmo depois do anoitecer.

agosto 04, 2021

Como escolher uma mesa de vidro para sua mesa de jantar





Uma mesa com tampo de vidro é uma boa escolha para a sua sala de jantar, pois torna o ambiente maior e mais claro, deixa a limpeza mais simples e permite o uso de uma base de madeira, o que possibilita praticidade sem perder a elegância e classe.

Além disso, também é fácil substituir a tampa de vidro se ela quebrar ou ficar riscada. Então, como você escolhe um tampo de mesa de vidro para sua área de jantar? Bem, para isso, você deve considerar os seguintes fatores:

Tamanho e peso do tampo da mesa de vidro

O tamanho e o peso devem estar de acordo com o tamanho e o peso da base da mesa. Por exemplo, se o peso do tampo de vidro for maior do que o da base, é provável que seja menos flexível ou não seja facilmente transportado com a base.

Da mesma forma, o tamanho não deve ser muito maior do que a base; caso contrário, pode parecer estranho ou você pode tropeçar. O tamanho do tampo da mesa também afeta diretamente o número de assentos.

A relação é diretamente proporcional. O tamanho varia para uma mesa de 4 lugares, uma mesa de 6 lugares e uma mesa de 10 lugares. Portanto, você também deve considerar o número de assentos.

Formato de mesa de vidro

A forma do tampo de uma mesa de vidro é um fator importante a se considerar. Você deve escolher a forma que melhor se adapta à base ou pernas.

Os tampos de mesa de vidro estão disponíveis em formato quadrado, retângulo, redondo, oval, oval de pista de corrida e até mesmo hexágono.

Compartilhando muitas semelhanças, as formas quadradas e retangulares parecem ser populares. O oval ou retangular é ideal para ter muitos lugares sentados na sala de jantar.

A forma oval ou redonda é escolhida para criar mais espaço, fornecer uma aparência atraente e garantir fácil movimentação. Uma forma redonda ou quadrada é ideal para acomodar um pequeno grupo que pode interagir melhor durante o jantar.

Um formato redondo é escolhido principalmente por aqueles que desejam usá-lo para festas ou encontros divertidos. Você pode até escolher um vidro cortado personalizado para obter a tampa de vidro de acordo com seu formato e tamanho desejados.

Resumindo, o formato do tampo de uma mesa de vidro não deve ser apenas sobre a aparência, mas também sobre o melhor ajuste. A forma é geralmente determinada pela forma da mesa, base sob o vidro, número de lugares e/ou o layout da sala de jantar.

Outros aspectos físicos

O tampo de vidro da sua mesa de jantar deve ser tal que introduza uma elegância atraente em sua base. Para isso, você precisa considerar sua espessura, polimento e cor além da forma.

Um vidro mais fino é conhecido por dar uma aparência mais delicada e sofisticada, enquanto um mais grosso é admirado por sua durabilidade e uso pesado.

No caso de uma base de madeira, um tampo de vidro transparente com espessura menor de 6 ou 8mm de preferência temperado é bom em comparação com um tampo com estrutura de metal ou madeira.

Esse vidro deve ter espessura de 12mm e de preferência temperado para ter uma mesa mais resistente, principalmente se você tem filhos em casa.

O cinza/bronze do vidro transparente pode ser considerado para o vidro de mesa fixado na base da moldura, considerando a cor e a textura da base. Caso contrário, um tampo de vidro mais espesso é preferível. No que diz respeito à cor, prefere-se sempre uma opção calma.

Resumindo, a cor, o acabamento e a espessura devem atender às suas necessidades e estar de acordo com a decoração da sala de jantar.

julho 28, 2021

O que é Imbuia? Conheça a madeira tipicamente brasileira.

Os humanos sempre tiveram uma relação próxima com as árvores. Elas tem sido vitais para a nossa sobrevivência, permitindo-nos fabricar ferramentas e abrigos, bem como combustível para fogueiras e, em alguns casos, até fornecer-nos comida.

Hoje em dia, a maioria das pessoas está mais ciente da importância das árvores. Seu papel em nosso bem-estar contínuo é aceito e apreciado, embora ainda dependamos deles para a madeira que fornecem.

A madeira é um material ideal, com muitos usos e aplicações em nossas vidas, especialmente móveis de madeira. Por meio do manejo sustentável, podemos continuar a usar madeira sem arriscar ainda mais o meio ambiente.

A Imbuia normalmente se refere a madeira comercial derivada de nogueiras brasileiras, mas também se refere às próprias árvores. Neste artigo iremos compartilhar mais detalhes sobre este tipo de madeira, suas características e usos.

 

Por dentro da história da Imbuia

Conhecidas pelos nomes binomiais Ocotea porosa ou Phoebe porosa, as árvores são nativas de áreas subtropicais do sul do Brasil.  Nomes comuns e variações na grafia incluem "imbuia", "imbuya", "embuia", "embuya" e simplesmente “Noz do Brasil”.

Embora comumente referida como uma nogueira, Ocotea porosa não compartilha nenhuma semelhança científica com as árvores da família das nozes.

As árvores maduras atingem alturas de até 39,6 m com troncos de até 1,83 m de diâmetro. As folhas são longas, estreitas e ligeiramente pontiagudas, com uma cor verde suave a brilhante.

O tronco principal da Ocotea porosa frequentemente se bifurca próximo ao nível do solo, produzindo uma aparência dividida na maturidade. Grandes crescimentos globulares no tronco, conhecidos como bolsas, também são comuns.

A imbuia cresce naturalmente em grandes agrupamentos, conhecidos como talhões, próximos à região da floresta de Araucárias no sul do Brasil. Outros estados do Brasil, incluindo Rio de Janeiro e São Paulo, hospedam pequenos ou limitados povoamentos nativos de árvores de imbuia.

 

Comercialização e produção de móveis

Considerada uma espécie ameaçada em seu habitat de floresta tropical nativa, esta variedade particular de árvore se adapta a altitudes entre 609,6 m e 1219,2 m. Embora os povoamentos nativos sejam considerados ameaçados ou vulneráveis, há uma demanda comercial considerável pela madeira.

Apresentado em uma variedade de produtos de ponta, de mesas a esculturas artísticas, a Imbuia é mais frequentemente fresado para folheados, pisos de tábuas, marcenaria e outras carpintarias decorativas.

Quando fresado, o acabamento da madeira serrada é considerado fino, com brilho médio a alto. As cores variam de uma azeitona amarela a um castanho chocolate escuro, com um grão variegado marcante.

A madeira recém-moída tem um aroma forte, mas atraente, de especiarias, embora o aroma se dissipe à medida que o processo de secagem continua.

 

Características únicas da madeira

A madeira de imbuia tem uma resistência natural a certos fungos que aceleram a decomposição da madeira. Da mesma forma, a madeira de imbuia é naturalmente resistente a certos cupins.

Painéis e outros produtos de madeira feitos de imbuia normalmente requerem pouco ou nenhum tratamento químico, verniz ou outros conservantes.

Embora seja nativo de florestas tropicais, o imbuia é adequado para climas subtropicais e outros habitats ricos em umidade.

A demanda por produtos de madeira de imbuia, apesar do status ameaçado da árvore, ajudou a estimular sua popularidade tanto como produto comercial quanto como árvore de horticultura para uso doméstico.

Os esforços de conservação no Brasil buscam proteger localidades nativas selecionadas em um esforço para neutralizar a exploração de madeira e dar a natureza um crescimento lento com uma oportunidade de se recuperar.

julho 21, 2021

Escolhendo a mesa de centro com lareira perfeita para o inverno

Com o clima esfriando, não há nada mais relaxante pela noite do que tomar um chá em frente a uma lareira. As mesas de centro com lareira são uma ótima solução para tornar seu ambiente mais aconchegante de forma prática. Escolher uma mesa deste tipo não parece muito complicado a princípio, mas há uma variedade de fatores que tornam alguns produtos superiores a outros nesse nicho de produtos.


Mais do que uma peça de mobiliário normal, uma mesa de centro com lareira precisa ser bem projetada para ter uma ótima forma e funcionalidade, além de oferecer segurança. Então, como você escolhe a peça perfeita para seu ambiente? Neste artigo iremos delinear as principais considerações que você precisa ter em mente ao adquirir sua mesa de centro com lareira para se esquentar neste inverno.

O que é uma mesa de centro com lareira?
Uma mesa de centro com lareira é uma mesa que oferece formas de realizar a manutenção do fogo disposto no centro. A fogueira não é removível, mas algumas mesas, vêm com uma tampa correspondente para que você possa usar a mesa com ou sem o fogo.

Isso significa que você não só pode desfrutar do seu café com uma lareira quente pela manhã, mas também pode transformar a mesa em um espaço de jantar para várias pessoas utilizarem em outras situações como encontros sociais.



Quais são os fatores mais importantes ao adquirir uma mesa de centro com lareira?

1. Forma
Decidir o formato vai depender de quantas pessoas irão usá-la regularmente e de qual é o espaço que você tem disponível em seu ambiente. Para áreas menores, onde menos pessoas usarão a mesa ao mesmo tempo, uma mesa quadrada é preferível. Uma mesa quadrada também se encaixa perfeitamente em um sofá em forma de L para uma configuração íntima. Se você tiver um deck ou varanda de madeira maior, e mais pessoas usarão a mesa ao mesmo tempo, uma mesa retangular é o ideal. Sofás e poltronas de tamanho normal funcionam bem para criar uma área de estar descontraída ao redor de uma mesa retangular.
Como alternativa, você pode buscar uma mesa de centro oval ou circular, que é melhor para espaços menores.

2. Fabricação e materiais
Os materiais que compõe a peça são uma parte crucial de sua funcionalidade. Materiais baratos e construção pobre resultarão em uma mesa que enferrujará, parecerá barata e não durará muito tempo. As melhores mesas são feitas com molduras de alumínio de alta qualidade e queimadores de aço inoxidável sólido. O alumínio é mais leve que o aço, que também é popular. Também é resistente à ferrugem, o que significa que será difícil de deteriorar ao longo do tempo.

3. Qualidade da Chama
Essa é a principal característica de uma mesa de centro com lareira embutida, então certifique-se de que sua mesa produza um brilho quente e natural que você gostará de sentar em uma noite fria.
Muitas pessoas negligenciam olhar para a característica do fogo em si antes de realizar a compra - o que é um erro já que essa é uma das coisas mais importantes a se considerar.
Primeiramente, são os componentes do gás e o tipo de combustível os responsáveis ​​pela aparência do fogo. Componentes de gás mal construídos podem produzir chamas fracas, ruído excessivo e desgaste da mesa ao longo do tempo.


Adequada para ambientes internos, uma mesa de centro com lareira embutida fornece iluminação, calor e uma superfície para apoiar seu objetos. A adição dessa peça cria um ambiente único e inesquecível que oferece muito conforto com sua chama autêntica.
Imagine poder sentar-se ao redor de uma pequena lareira durante todo o inverno? Não importa quais são as suas necessidades, as mesas de centro com lareira são a combinação perfeita de função e estética.
Não se esqueça de buscar por materiais de alta qualidade que façam a peça valer a pena o investimento. Seguindo as dicas que listamos aqui, temos certeza que você não errará!

julho 14, 2021

5 dicas para combinar cadeiras e mesas rústicas com sucesso

Selecionar as cadeiras certas para complementar uma mesa rústica é uma decisão que grande parte dos compradores acha desafiador. Isso ocorre devido à variedade de materiais, cores e estilos disponíveis no mercado. As opções de cadeiras são inúmeras, um comprador amador pode facilmente cometer erros simples ao fazer sua compra.

No entanto, você não precisa se preocupar, pois separamos neste artigo algumas dicas e recomendações para ajudar o seu processo de decisão.

Ao escolher um conjunto de cadeira para integrar a sua mesa rústica de madeira, considere os 5 fatores que listaremos a seguir.


1. Entenda o projeto


Cadeiras de jantar vêm em diferentes formas e tamanhos. Algumas marcas fazem seus assentos com um pouco de espuma para aumentar o conforto, enquanto outras possuem uma estrutura mais linear.
Além disso, algumas cadeiras têm apoio de braço, enquanto outras não. Se pretende ter o melhor conforto, deve optar por cadeiras com apoio de braço e eventualmente aquelas com um pouco de espuma no assento.
Tudo irá depender das suas necessidades e para quais propósitos a cadeira foi projetada - tenha isso em mente no momento da compra.


2. Materiais utilizados


A maioria das cadeiras que combinam com mesas rústicas são feitas de madeira. No entanto, você encontrará outros modelos feitos de metal e um híbrido de madeira e metal. Independentemente do material usado, você precisa garantir que a cadeira escolhida seja resistente e bem feita. Isso não apenas fará com que você se sinta confortável enquanto está sentado, mas eliminará a preocupação com o custo de substituição das cadeiras.

 

3. Cores Disponíveis


As cadeiras disponíveis no mercado vêm em cores diferentes, mas principalmente em tons de marrom, branco e preto. Ao escolher uma cadeira, certifique-se de que combina com a cor da madeira de sua mesa rústica. Isso criará consistência e melhorará o design geral.

 

4. Altura do assento


A altura do assento é vital. Alguns assentos parecem muito baixos quando sentados, enquanto outros fazem você se sentir como se estivesse flutuando. Por esse motivo, você deve evitar comprar uma cadeira que o faça se sentir desconfortável.


5. Preço


O preço é um fator tremendo que afeta a compra. Na maioria das vezes, o material usado, o estilo e o design afetam o custo da cadeira. As cadeiras com um design requintado costumam ser mais caras do que os que vêm com um design básico.
Outras coisas a considerar. Nem é preciso dizer que a qualidade da cadeira é importante - principalmente se você estiver procurando por peças que durem muito. As cadeiras podem ser postas à prova com o peso que têm de carregar, portanto, certifique-se de comprar itens que possuam uma estrutura sólida.
Uma vez que a madeira é o material mais cobiçado para cadeiras de jantar que combinem com mesas rústicas, é importante lembrar que, embora seja fácil de limpar, a madeira muda de cor com o tempo.

Além disso, os derramamentos devem ser evitados, pois deixam manchas. O mesmo vale para texturas de vidro, pois podem ficar feias com manchas de impressões digitais. E se você estiver indo para o metal, certifique-se de que é resistente à ferrugem e pode ser limpo facilmente com um pano úmido.


Por fim, a escolha é algo pessoal, você pode querer que as cadeiras tenham braços ou não, se prefere marrom ou cinza, e assim por diante. Você pode até mesmo misturar as coisas tendo cadeiras de jantar de diferentes cores e modelos.

julho 08, 2021

Integrando o estilo rústico a sua varanda gourmet

As áreas gourmet se tornaram uma tendência nos último anos. O espaço é ideal para receber familiares e amigos, oferecendo conforto e possibilitando a interação entre os convidados.

Porém, não é tão fácil quanto parece fazer um projeto deste tipo. É necessário considerar vários elementos do ambiente, além de ter um planejamento em mãos para que tudo fique em perfeita harmonia no final.

Se você está em busca de recomendações para incorporar móveis rústicos a sua varanda gourmet, veio ao local certo. Neste artigo, compartilharemos algumas dicas para facilitar a sua escolha e evitar erros no momento da concepção desse espaço tão especial do seu lar.

Primeiramente, o que é uma varanda gourmet rústica?

A área gourmet rústica é um espaço de socialização que mixa uma sala, cozinha e um ambiente de lazer que pode ser localizada no jardim, na varanda, deck da piscina, entre outros ambientes similares.

Por ser caracterizado como um local de encontro, a área deve ter mesas, cadeiras e utensílios de cozinha, tendo a churrasqueira e o fogão como destaques. Acima de tudo, é necessário que o espaço seja confortável para os visitantes.

Por ser rústico, é comum que a área tenha uma parede de tijolos maciços e seja decorada com móveis feitos a partir de madeira natural. Ambos os elementos ajudam a transmitir uma sensação de aconchego e intimidade.

Sabemos que, para algumas pessoas, a madeira pode ser um material difícil de conservar, ainda mais em um ambiente externo e exposto a umidade. Porém, atualmente, é fácil achar vernizes, por exemplo, que dão resistência a madeira sem perder o aspecto natural.

Com isso, você pode curtir a aparência da madeira natural rústica, sem medo de perdê-la devido as condições do ambiente.

 

 

Como montar uma varanda gourmet rústica?

Após conhecer algumas características dos ambientes gourmet, fica mais fácil pensar em um projeto, certo? Porém, ressaltamos a necessidade de contratar um profissional qualificado, como um engenheiro, caso demande reformas estruturais.

Afinal, às vezes, não é só de uma reforma estética que você precisa, um projeto de instalações hidráulicas e elétricas também faz-se necessário na maioria dos casos.  Porém, antes de iniciar as reformas, tenha em mente as dicas abaixo ao montar seu espaço gourmet rústico:

  • Definir o local onde a área será instalada. O primeiro passo é escolher onde será construído seu ambiente gourmet, sendo o ideal optar por áreas abertas, como varandas, quintais e jardins.
  • Observe os hábitos dos seus visitantes. Não adianta escolher uma ótima localização, mas optar por equipamentos que não sejam úteis para os visitantes. Por exemplo, se os seus amigos não curtem churrasco, mas adoram pizza, um forno a lenha será muito mais útil do que uma churrasqueira.
  • Escolha cuidadosamente os seus móveis. É importante não esquecer do conforto, já que a sua área gourmet rústica tem como foco a recepção dos visitantes. Afinal, quando recebemos alguém em nossa casa, é comum buscarmos relaxar. Mesas espaçosas e cadeiras confortáveis são cruciais para uma boa experiência.

Botando a mão na massa (ou no churrasco)

Montar sua área gourmet rústica pode ser trabalhoso, mas depois de ver o ambiente finalizado a sensação de satisfação é gigantesca.

Afinal, você terá uma área totalmente adaptada para receber convidados, familiares e amigos, tornando sua casa um ponto de encontro e socialização.

Por fim, ressaltamos novamente a necessidade de buscar a ajuda de um profissional para tudo que vai além de decoração. Desta forma, os riscos de fazer uma reforma problemática são muito menores e você poderá se focar apenas em decorar o ambiente e desfrutar de uma área totalmente funcional.

Mesa Rustica