Junho 10, 2015

0 comentários


A verdadeira realidade sobre as árvores caídas

Nos últimos meses diversas árvores caíram em São Paulo decorrente as chuvas. Essas árvores viram lixo. São jogadas fora como se não tivessem valor algum, são soterradas em aterros sanitários.

A prefeitura não dá o mínimo valor a essas árvores após a queda, não faz nenhuma pesquisa em cima daquela árvore caída para saber seu valor, e são árvores nobres que poderiam ser muito bem utilizadas. Eles consideram como lixo orgânico. Quando questionados sobre isso, a Secretaria de Coordenação e Subprefeituras se pronunciou dizendo: “Normalmente, só ocorre queda de árvores que estejam em mau estado fitossanitário, por isso não existe nenhum tipo de seleção dos troncos. ”

A equipe do UOL Noticias Cotidiano realizou uma pesquisa para investigar o que se diz: “[...] Das mais de vinte árvores tombadas que a reportagem do UOL registrou, apenas um eucalipto e uma tipuana estavam infestados por cupins. As árvores cujas madeiras são classificadas como "de lei" têm dureza e proteção naturais contra os animais xilófagos (comedores de madeira). [...]”. Ou seja, há um desperdício enorme!

Além disso, quando alguém tenta reaproveitar essa madeira pedindo a autorização da prefeitura, é negado. Muitas árvores caídas em 2014 ainda não haviam sido recolhidas no inicio do ano, portanto, é uma madeira que ou vai para o lixo ou fica parada.

Não devemos deixar que isso aconteça com nossas árvores, ao que aparenta, a maioria da população ignora esses fatos. Vamos salvar a nossa natureza! Nós da Madeirado queremos que essas madeiras, essas árvores que um dia encantaram nossas ruas, passem a ter uma nova importância. Saiba mais sobre nossas madeiras em “De onde vem nossa madeira?

Junho 03, 2015

0 comentários


Reformando sua casa, e agora?

Barulho, poeira, estresse, é isso mesmo, vamos falar de reformas!

Vamos te dar algumas dicas para que você enfrente esse pesadelo de uma forma mais amenizada.

  1. Paciência. Sim, é estressante, cansativo e etc., mas, acaba. E no final vai ficar lindo, então tenha paciência, ela te ajudara a manter tudo dentro dos eixos.
  2. Faça um orçamento e defina exatamente o que será feito na reforma. Sempre faça um orçamento com uma reserva emergencial, afinal, nunca se sabe o que pode acontecer. Nada de “Mas se estou fazendo isso, por que não fazer aquilo também?”
  3. Contratar um profissional qualificado. Muitas pessoas desprezam a ajuda de um arquiteto ou engenheiro, porém, nesses momentos é de extrema importância que um deles esteja a par da situação. Já pensou se alguém fura um cano ou danifica a fiação elétrica?
  4. Materiais e pedreiros. Nesse momento você precisa se lembrar muito bem de seu orçamento, qualquer deslize pode virar um gasto enorme. Pesquise, não faça corpo mole, mas também não vá pegar materiais com baixa qualidade. Saia em busca de um pedreiro confiável, afinal, ele vai renovar sua casa.
  5. Lembre-se dos seus vizinhos. Você gosta de barulho? Se nem você aguenta, imagine seus vizinhos! Tenha ética e tente fazer a reforma em horários acessíveis, que não irão causar tanto alvoroço. Se a reforma for em um prédio, veja as normas e as cumpra.
  6. Seja o fiscal de obra. Quem melhor para saber o que é ideal na sua reforma? Analise, acompanhe, o mínimo detalhe pode fazer diferença futuramente.
  7. Fique o mais longe possível da poeira e dos materiais perigosos. Claro que se a reforma for na casa inteira é complicado, mas isso pode fazer mal a sua saúde, portanto, evite ficar longos períodos em meio a poeira e o mesmo vale para o cheiro da tinta. Cuidado com equipamentos que podem lhe machucar, fique atento!

Espero que nossas dicas tenham ajudado você a se localizar em uma obra!

Maio 27, 2015

0 comentários


Bancada de madeira, naturalmente única

Cansado do granito e do mármore? Nós também. Que tal uma nova cara na sua cozinha? Que tal colocar um pouco de madeira no seu espaço?

Lembra de quando se ouvia que a madeira era ruim para ambientes úmidos, que iria estragar facilmente? Hoje em dia não é assim, hoje a madeira possui diversos tratamentos contra essas reclamações do passado. Então, se seu sonho sempre foi ter uma bancada de madeira, o momento é esse!

                                       

            A situação também vale para as bancadas nos banheiros, além das cubas, que hoje em dia são supermodernas e procuradas pelas pessoas. Um novo visual para a sua casa utilizando as bancadas de madeira.

                               

            E aí, gostou? Então não perca tempo, vá logo buscar sua bancada de madeira!

Maio 19, 2015

0 comentários


A diferença entre as madeiras: Maciça, Aglomerado, MDF e Compensado

Não, não é tudo a mesma coisa, e o que muda não é só o preço, acreditem em mim. Mas nós vamos te contar a diferença.

  • Madeira Maciça: É a obra prima mais pura de todo o processo da madeira, a com maior duração e com características únicas como os veios e cores;

  • Aglomerado: Aglomerado são chapas resultantes de pedaços de madeira com resinas em ação de pressão e calor. Ele possui três camadas para prevenir que muitos danos sejam causados. Muito utilizado com revestimentos, como por exemplo a fórmica e filme de PVC.

  • MDF: É um painel de fibras de madeira, totalmente homogêneo, possui grande resistência e estabilidade, porém, não tanto quanto a madeira maciça. Tem a possibilidade de ser pintado e possui fácil manuseio. Não possui resistência a umidade;

  • Compensado: É uma placa formada por folhas de madeira colocadas uma sob as outras. Os veios da madeira são sempre em direções cruzadas para gerar um equilíbrio na peça.

 

Veja aqui mais opções de >>> Móveis Rústicos

 

Maio 14, 2015

0 comentários


Decoração e a madeira

A madeira é um material que combina muito com a decoração, pois é versátil, atemporal, elegante e se encaixa tanto no ambiente interno quanto no externo.

Vários designers colocam móveis de madeira em seus projetos, abaixo, vamos comentar alguns projetos.

Banco de madeira - Madeirado

O projeto acima demonstra um ambiente contemporâneo e com a aplicação da madeira. Repare que ao lado da mesa foi colocado um banco de madeira. Viram como ele se encaixa bem com o banco e materiais diversos?

Ambiente de madeira - Madeirado

Já esse ambiente é mais clássico e com a intenção de ser mais aconchegante, nesse caso o profissional optou por um ambiente mais carregado de madeira. E funciona, não é mesmo?

Mesa de centro de madeira rústica - Madeirado

Esse último é um projeto com o objetivo de colocar a mesa de centro de madeira como ponto centro do projeto, ou seja, veja que a mesa é um destaque no ambiente, porém, ela se equilibra com o sofá e outros elementos decorativos.

 Conheça nossos produtos

Maio 11, 2015

0 comentários


De onde vem nossa madeira?

Muitas pessoas acreditam que o móvel de madeira é sempre um inimigo da natureza, pois no seu pensamento a madeira utilizada é a do desmatamento, as que são extraídas sem reposição e sem consciência. Mas a nossa madeira tem uma origem diferente, sustentável e totalmente apropriada para uso.

A Madeirado utiliza o chamado sub-produto. O que é? Quando se extrai a madeira, as empresas retiram o produto florestal, o “filé” da madeira, terminando a extração do produto nobre, eles descartam o resto, desprezando todo seu valor e seu potencial. Essa madeira descartada é o sub-produto, onde podem vir em formatos e estado deploráveis. Nós, juntamente as comunidades ribeirinhas, aplicamos um uso a essa madeira, transformando ela em um belo móvel para o seu ambiente. Todo o processo é legalizado e aprovado sendo totalmente sustentável e respeitoso ao meio ambiente.

 
Antes

Depois
Conheça nossos produtos
« Anterior 1 3 4 5

Mesa Rustica